A resposta para tal dúvida é sim, ou seja, esse período de afastamento por auxílio-doença pode sim ser computado para calcular o tempo de contribuição na hora que for se aposentar.

Para isso, o segurado precisa fazer ao menos uma contribuição com o INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) depois que o beneficio for cessado.

Fique atento para não perder o período afastado por auxílio doença !!

Compartilhar noticia